terça-feira, 10 de julho de 2012

Filosofia Oculta: As Leis (Parte 2)

O grande olho deste portal, “O Fênix” que tudo administra, observou que fui muito obscuro ou talvez até superficial a tratar sobre a correspondência. Atendendo ao pedido deste, é com imenso prazer que darei uns retoques no assunto, mesmo já tendo avisado que ficará mais claro a partir das outras leis.


2° lei – O Principio de correspondência “O que está em cima é como o que está em baixo, e o que está embaixo é como o que está em cima”(O Caibalion, p 6)
“Este principio contém a verdade que existe uma correspondência entre as leis e os fenômenos dos diversos planos de existência e da vida” (O Caibalion, p 6)
“Este principio é de aplicação e manifestação universal nos diversos planos material, mental e espiritual: é uma Lei Universal” ( O Caibalion, p 6)


Grosso modo (como tudo que cito no jornal), o principio de correspondência diz que tudo aquilo que foi criado, não importando o grau de vibração, mundo ou posição hierárquica são semelhantes, e essa semelhança se dá, como já foi dito, pelo fato de tudo com exceção do motor primeiro ser sujeito às mesmas leis (que também já foram citadas), e é graças a isso que somos capazes de compreender os diversos níveis de existência e de certa forma até de acessa-los, bastando compreender e aplicar essa lei.

Darei exemplos para deixar a situação ainda mais clara...
  
Se eu considero que todas as coisas partiram de um único princípio, concordo que todas as coisas possuem uma ligação e certa semelhança com esse principio, e cada coisa individualmente possuem conexões com as outras criações.
 Estudando a obra posso me aproximar do autor, estudando Hamlet posso me aproximar de Shakespeare, estudando Orodreth e Lord Vincus posso conhecer Vinicius, estudando o homem posso conhecer os “deuses” e me aproximar do motor primeiro.
Todos se correspondem, todos são conectados, todos são semelhantes, o inferior carrega traços do superior . O mundo físico carrega inúmeras semelhanças com o mundo supra físico, Lord Vincus possui semelhanças com Vinicius, O homem se assemelha aos deuses.
Semelhante não é igual, não há igualdades no mundo, cada objeto é igual apenas a si mesmo, coisas diferentes não podem ser iguais à verdade.


Ascensão é ganho, o arcanjo está mais próximo da completude que o anjo, o homem possui intelecto mais complexo que a besta. A ascensão é o devir de todos os seres criados, o que os difere são as somas, o único ser que não pode ser somado é o motor primeiro, pois nada lhe falta.


“Há uma correspondência entre os diferentes planos de manifestação, vida e existência. Esta manifestação é verdade por que tudo que está incluído no universo emana da mesma fonte, e as mesmas leis, princípios  e característicos a cada unidade, ou combinação de unidades de atividade, assim como cada uma manifesta seus fenômenos no seu próprio plano.”(O Caibalion, p 28)
3° Lei – O principio de vibração “Nada está parado, tudo se move, tudo vibra” (O Caibalion)
Esse é um principio que é muito esclarecedor para entendermos o que separa um plano de outro.

“Este principio explica que a diferença entre as diversas manifestações de matéria, energia, mente e espírito, resultam de ordem variáveis de vibração”(O Caibalion, p7)
A ciência moderna provou que o que chamamos de matéria e energia é simplesmente  modo de movimento vibratório” ( O Caibalion, p 34)

Todos os mundos são semelhantes, compostos pelos mesmas substâncias, em diferentes graus de vibração, o que separa é apenas a vibração, e a diferença de vibrações irá definir como cada objeto reage às leis, MAS TODOS REAGEM AS LEIS.

O graus de vibração são enésimos, entre o homem e o daemon existem milhares de graus vibracionais. Conhecer como utilizar disto é importantíssimo para o magista, em breve farei escritos práticos usando as leis, conhecer as leis traz um novo olhar aos verdadeiros praticantes. (esse assunto será melhor  tratado conforme for desenvolvendo as leis)

Continua...

2 comentários:

Strega disse...

Muito boa composição. O Caibalion é de longe o meu livro favorito; suas leis são a lei da vida, estão em tudo. O observador atento, percebe e aplica.

Vinicius Pimentel Ferreira disse...

Costumava ser o meu também, mas acabei me apaixonando mais pelo Corpus hermeticum.

Fico feliz de ver os leitores participando. Beijo cara estudiosa das verdades veladas.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hostgator Discount Code
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...