sábado, 14 de abril de 2012

Cotidiano Pagão: Métodos de Limpeza Energética

Olá pessoal!
Como minha segunda postagem, sendo que ainda estamos no começo de ano, decidi abordar um tópico que, ao longo dos anos em que passei pelas comunidades pagãs virtuais, me era muito perguntado. Como posso me limpar ou limpar minha casa energeticamente? Parece algo simples, mas muita gente tem dificuldade em fazer com que a limpeza resulte.

E vamos admitir, não há nada melhor do que começar o novo ano com uma boa limpeza energética para que o que se aproxima seja positivo e cheio de boas energias.
  • Limpeza Energética Pessoal
Existem diversas formas de limpar o seu corpo e a sua mente. A mais simples e prática de todas, é um bom banho de água e sal (sal marinho é o melhor). Encha a sua banheira com água quente e coloque 3 ou 5 mãos de sal (recomendação de minha avó!) e deite-se lá dentro, aproveitando para relaxar e sentir a limpeza. Se não tiver banheira, pode apenas aquecer água com sal e depois passar pelo corpo no fim.

É também uma boa técnica para antes de fazer rituais ou meditações ou eventos importantes (testes, entrevistas de emprego, etc.).

Para além do banho de sal, se tiver mais tempo e disponibilidade, pode fazer também um banho, mas desta vez adicionando algumas ervas como alecrim, arruda ou um pedaço de lavanda. Manjericão ou hortelã-pimenta também ajudam, mas minha principal recomendação seria o alecrim!  

Pode ainda, se não tem capacidade de tomar banhos deste tipo, comprar e energizar um cristal (como Ónix ou Citrino*) e andar com ele. Lembrando que Ónix deve ser limpa diariamente (água com sal é um método simples) enquanto o citrino não necessita dessa manutenção. 
  •  Limpeza energética de casa
É necessário ter em conta que os espaços também ficam carregados de energia. A nossa permanência um local específico e os eventos que nele ocorrem, eventualmente, levam à acumulação de energias. Por isso é que às vezes entramos em quartos e sentimos o ar pesado ou então nos sentimos muito bem-dispostos em outras divisões.

A limpeza de casa é relativamente mais complicada do que a pessoal, porque enquanto a limpeza pessoal pode ser discreta (no caso de você viver com mais gente em casa), limpar o seu lar torna-se mais óbvio para quem convive com você.

Um método rápido é através de incensos ou defumações. Pode preparar uma mistura de ervas de limpeza (como as que referi antes) e queimar com um bloco de carvão ou apenas acendendo. Percorra a casa com esse incenso, para que todo o ambiente tenha contato com o fumo.
Outro método que pode fazer é algo mais simples e que todos fazemos, mas nem sempre notamos o impacto que tem.

Faça uma limpeza na sua casa. Limpe o pó, limpe a casa, mude coisas de lugar, abra janelas, areje tudo, acenda um incenso aromático (algo que você goste!), deixe o Sol entrar e você verá  como toda a casa ficará mais leve.
**
Viu como é simples? Estas são algumas dicas que dou para limpar a sua casa ou limpar a você mesmo naqueles momentos que se sente cheio de energias negativas. Energia negativa não ajuda no seu a dia a dia, ao início pode nem notar, mas com o tempo e com maior exposição à energia negativa, poderá começar a ficar doente e a sofrer efeitos secundários que prejudicam o seu bem-estar.

Por isso, vamos por em prática algumas destas coisas e melhorar a nossa vida um pouquinho!

Bênçãos da Deusa e até para a semana!
MissElphie
 
Notas:
* Cuidado com citrino, o maior erro relativamente a este cristal é que a maioria dos citrinos são apenas ametistas aquecidas a altas temperaturas, ficando com um aspecto parecido ao citrino. Isto faz com que seja mais barato vender este cristal, chamando ele de citrino. O citrino é mais caro que estes cristais e pode ser distinguido porque nas pontas não tem a coloração branca que é característica da ametista queimada.

Fonte: Experiência própria e ensinamentos de meus familiares.

4 comentários:

Vinicius disse...

"A mais simples e prática de todas, é um bom banho de água e sal"

Me explique, de que modo o sal age na purificação? Nunca me foi muito claro Srta MissElphie.

"mas desta vez adicionando algumas ervas como alecrim, arruda ou um pedaço de lavanda. Manjericão ou hortelã-pimenta também ajudam, mas minha principal recomendação seria o alecrim!"

E como alcanço o conhecimento sobre como funcionam magicamente as ervas? Existe alguma chave para perceber a 'correspondência'?

Espero que possa me auxiliar, desde já, muito grato.

Lord Vincus

MissElphie disse...

@ Vinicius

O sal é conhecido, já à muito tempo, como tendo características purificadoras. Minha avó costumava dizer "O que arde cura!" e o sal é um óptimo curativo (antigamente, colocavam sal na ferida, para curar). Quem me ensinou sobre o sal, foi minha avó, exactamente, quando eu era mais nova. Ela me mandava tomar banhos de sal, para me limpar das "coisas más". Quando cresci, entendi a que se referia. Se você reparar, não é só o Paganismo que usa o sal. Imensas culturas antigas utilizam o sal como purificador.

Quanto às ervas, existem diversos livros (tanto recentes como antigos) que você pode procurar e que irão lá ter as correspondências. Quanto a isso da "chave", se você me está perguntando "como é que tenho a certeza? Como é que sei que o que está nos livros, é verdade?" bem... experimentando rs O que eu recomendei neste post, de alecrim, arruda, lavanda, sal, etc foi tudo coisas que já experimentei, sei que funcionam e uso em meu dia-a-dia, por isso recomendo aos outros. :)

Bênçãos da Deusa,
Espero ter sido ajuda.

MissElphie

Vinicius disse...

Na alquimia por exemplo, o sal é tido como esponja energética, ele absorve as formas densas(de menor vibração) de energia e por isso tem uma ação semelhante a "purificação", e logo não se recomenda deixar o sal por muito tempo em um mesmo lugar, entretanto, os livros dizem que é assim e pronto, deixando que venhamos a experimentar para ter certeza(como você disse), mas o que busco é, qual características observáveis, tais seres possuem, para que possamos ligá-los a seu uso pratico? Como podemos reconhecer paticas ainda não escritas ou descritas? Como aquele que não tinha uma avó para lhe contar isso, foi fazendo tais descobertas? se puder responder, ficarei muito feliz.
"benção"

Lord Vincus

MissElphie disse...

@Vinicius

Sim, também existe esse conceito de "esponja" relativamente ao sal, tanto que em Portugal existe um costume de colocar sal nos cantos da casa para absorver as energias negativas.

Eu não posso falar pelos outros. Eu posso falar pela minha experiência, como eu descobri, como eu fiquei a aprender. É conhecimento antigo, que tem sido passado e presente em diversas culturas, mesmo antigas (e não me refiro só a velhinhas de aldeia na Idade Média rs).

Creio que, nessa questão, não puderei ser de grande ajuda, infelizmente.

As minhas desculpas,
Bênçãos da Deusa,

MissElphie

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hostgator Discount Code
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...