quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Universo Simbólico: Os Sigilos- Parte II



Olá pessoal, nossa postagem de hoje é uma continuação sobre a Arte dos Sigilos que iniciamos na semana passada. E como havia dito, será muito interessante que se tenha papel e caneta em mãos para facilitar a assimilação da prática proposta. Para quem está aqui pela primeira vez seja bem vindo(a) e desde já agradeço pela presença. Vamos começar!
Quando temos em mente um propósito bem definido e uma intenção forte podemos utilizar deste artifício para criar uma mudança astral em nossas vidas e assim fazer com que ela se manifeste em nosso plano material. Como observamos na semana passada cada sigilo possui um simbolismo e atinge uma área específica. Lembremos também dos cuidados que devemos ter e das múltiplas formas de energizações que eles necessitam para de fato serem ativados.

Considerando o nosso alfabeto portando 26 letras (incluindo o K, Y, W), numeramos todas elas de 1 a 9. Em seguida o objetivo a ser sigilado deve ser montado através de um gráfico criado segundo as imagens abaixo. Como exemplo, suponhamos que seu objetivo é uma competição importantíssima e tens que ganhar a todo custo. Seu objetivo focalizado é: VENCER!



Para alguns Magistas retirar as letras e os números repetidos e deixar somente um para manter a origem são muito comum, outros não são tão a favor, mas neste caso acredito sem bem subjetivo.

Sendo assim temos:

Matriz Numerológica


VENCER >>> VENCR>>> 4 5 5 3 9




O próximo passo é criar sua matriz numérica segundo as imagens de referência e riscar seu objetivo (VENCR>>> 4 5 5 3 9). Agora trace uma linha reta entre os números de seu desejo numérico até que você chegue ao seu sinal mais básico, entretanto ele pode ser modificado conforme você achar mais adequado.
Existem várias maneiras de se criar um sigilo com um objetivo através da matriz numerológica ( que podem também ser Quadrados Mágickos) como mostrado nos exemplos abaixo:


Podemos encontrar no que se refere a energização dos sigilos quem prefira realizar vários ritos de consagração semanais utilizando dos fluídos corporais masculinos ou femininos, ou até mesmo adaptando os ritos e os utilizando de uma forma mais Elemental (Terra=material. Ar= intelecto. Fogo= espiritual. Água= emoções) para que ele se torne realmente eficiente. De qualquer forma estando dentro dos “padrões” do bem comum e das formas ritualísticas sejam elas tradicionais ou não, tendem a produzir efeitos satisfatórios.
Adaptem-se aos seus métodos mais apropriados e desfrutem do que os sigilos têm a oferecer. E seguindo uma frase comumente passada a diante: “Tenham cuidado com o que desejam”! Sendo assim desejo bons progressos.

A Todos,
Pax, Lux et Nox.
Fonte: Magia da Alma Solaruna- www.solaruna.blogspot.com

1 comentários:

Marcia Queiroz disse...

Vocês são ÓTIMOS!!!! Amo suas postagens!*! Acreditem, estou aprendendo muito. Penso que bruxaria ñ é somente magiar, também é estudar, conhecer a história da civilização é conhecer a nós mesmos, pois é assim que penso..Histórias, lendas, contos, mitos, Deuses, fadas e tudo mais que envolve nossa rica filosofia é algo fantástico. Parabéns ao Jornal O Bruxo!!

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hostgator Discount Code
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...