segunda-feira, 12 de abril de 2010

Sua História: A jornada do Louco

O Jornal O Bruxo Pernambuco entrou com uma proposta há uns 2 meses de reunir histórias de pagãos e divulgá-las. Pois agora começa os resultados de nossa proposta. A história a seguir aconteceu com Roberto Quintas, de São Paulo. A história foi denominada pelo mesmo como "A jornada do Louco". Aproveitem agora essa história.


Meu interesse por povos antigos vem desde meus 16 anos, quando eu resolvi apostatar [romper com a Igreja], depois de ter feito aos 12 anos algo que muito Cristão não faz em vida: ler a bíblia.
Isso é um dado curioso e interessante, pois foi justo na bíblia onde eu vi os primeiros "sinais" de que havia "mais coisas entre o céu e a terra do que nossa vã filosofia supõe". Foi na bíblia onde eu vi magia, sacrifício, necromancia, evocações...bruxaria! E lá fui eu, um brasileiro, em um país católico, em busca de mais informações...foi uma verdadeira garimpagem.
Hoje, felizmente [ou infelizmente] há bastante informação sobre a Arte e creio eu que a internet tem se mostrado uma ferramenta crucial em minha jornada, ajudando, aperfeiçoando e eu diria mesmo que serviu-me de lição em muitas ocasiões.

Sim, a internet. Eu comecei a "navegar" em 2001, nos quiosques do correio, no espaço que existia [gratuito] no Banco do Brasil [centro de SP] ou nos espaços cedidos pela Prefeitura. Ali eu consegui organizar e publicar meus escritos. Ali eu comecei a organizar e construir minhas páginas virtuais. Ali eu tive os primeiros contatos com grupos de todo o tipo: ateus, bruxos, satanistas. Tudo e qualquer coisa que desafiasse, que contestasse a Igreja, eu estava interessado.
Em 2002 e 2003 eu comecei a me interessar pelo Satanismo [La Vey] simplesmente porque muitas coisas que ele escreveu combinavam com o que eu havia escrito dos 18 aos meus 21 anos, uma obra que eu defino como minha catarse, o início de minha cura interior. Nessa época nascia "ArchasBr", uma página virtual que encampava nos ideais do Satanismo, não porque eu esperava conseguir derrotar a Igreja, mas porque eu precisava quebrar o círculo vicioso em que eu estava, preso no Cristianismo e em seus dogmas doentios. Sim, eu queria chocar, sacudir, não apenas aos que me visitavam, mas a mim mesmo. E continuava a procurar uma base, um porto, um caminho de volta para casa, o Caminho pelos Bosques Sagrados.

Foi em 2003 ou 2004 que eu encontrei a Wicca, o Paganismo e a Bruxaria Modernos. Foi nessa época que conheci a Abrawicca, no Yahoo! Grupos e tentei participar. Tentei, pois meu entusiasmo com o que escrevo sempre me leva a ações não recomendáveis. Alguém no grupo viu minha página. Alguém me denunciou. E até hoje a Mavesper me considera um promotor da pedofilia, se não coisa pior. E para piorar, eu escrevi no Midia Independente meu libelo entitulado "O Vaticano Wiccano". Mas não fiquei totalmente "órfão", uma pessoa [que infelizmente não lembro quem] indicou o Forum da Wicca Gardneriana e com Mario Martinez eu aprendi muito. Ali eu conheci Scathy Morrighan. Ali, com ela, eu comecei meu lento e duro retorno para casa.
Assim, em 2006, eu conheci e iniciei minha participação no Amber & Jet, onde eu nutro minha paixão pela Wica Tradicional, sem deixar de lado meus estudos particulares e independentes. Por algum tempo, cheguei a participar do Gardnerians All [Y! Grupos] e mesmo da Sociedade Wicca [orkut]. Eu saí do Gardnerians All depois de ler muita bobagem, eu fui banido da Sociedade Wicca por ter contestado seu proprietário.

Sempre polêmico. Sempre controvertido. Nunca me arrependi. Nunca olhei para trás. Nunca vou vender a Tradição. Nunca vou colocar minhas perefências pessoais, minhas necessidades ou meus objetivos acima da Arte. Se isso significa que eu ficarei isolado, banido, exilado, no ostracismo, que seja. Minha vida deve servir aos Deuses Antigos.


Para mais informações sobre como participar da proposta ou de como entrar em contato com o autor da história, se comunique através de nossa comunidade no orkut ou através do email:

*www.douglas_max3@ibest.com.br


- Douglas Phoenix -

1 comentários:

Beto disse...

txs, buddy.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hostgator Discount Code
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...